Escape à ficção

CARLOS LABARTA

CARLOS LABARTA AIZPÚN

UNIVERSIDAD DE ZARAGOZA UNIZAR

BIO

Arquiteto, ETSA, Universidade de Navarra, 1987; Bolseiro Fulbright Ministério de Educação e Mestrado em in Design Studies, GSD, Universidad de Harvard, 1990; Prémio Extraordinário de Doutoramento, 2000, na ETSA da Universidade de Navarra, escola onde efetua o seu trabalho como docente e investigador desde os seus estudos até 2004 e na qual é Professor Visitante.

Professor Titular de Projetos Arquitetónicos na Escuela de Valladolid (2004-2009) e na Escuela de Ingeniería y Arquitectura da Universidad de Zaragoza desde 2009 até à atualidade, em que coordena a área de Projetos Arquitetónicos.

Em 2006 consegue a Bolsa Eisenhower. O seu trabalho de investigação, fundamentalmente sobre a arquitetura do século XX, em especial a modernidade arquitetónica, foi difundido em revistas especializadas, livros conjuntos assim como em diversos congressos internacionais.

Obtém o Prémio de Urbanismo do Ayuntamiento de Madrid, 1991. A obra do estudo, publicada em diversos meios, foi premiada em sucessivas edições do Prémio García Mercadal do Colegio de Arquitectos de Aragão, desde 1993 até aos dias de hoje, assim como no Prémio Ricardo Magdalena do Instituto Fernando el Católico, C.S.I.C., e na Bienal de Arquitetura Espanhola 2013.

Obteve diversos prémios em concursos de projetos como o Primeiro Prémio do Centro de Salud del Actur em Saragoça, 2000, o Segundo Prémio na Facultad de Ciencias de la Educación da Universidad de Zaragoza, 2006, ou o Terceiro Prémio do Pabellón Puente, Expo Saragoça, 2008.

Participou com a sua obra em exposições conjuntas como “Habitar el Presente”, Galería de los Nuevos Ministerios, Madrid, 2007.

É coautor do livro Arquitectura racionalista en Huesca, 2009, e editor de Metodología docente del proyecto arquitectónico, 2011 e de Proyecto arquitectónico y docencia: una cuestión de orden, 2013.